BRÜNO

17 08 2009

bruno-2(1)

Brincadeira esse filme! Muito hype pra algo que não é tudo isso. Senti saudades de Borat, com seu humor muito mais incisivo e menos cansativo. Brüno diverte em alguns momentos, com sua incansável busca pela fama, mas no seu total deixa a desejar, pois piadas estritamente sobre homossexuais e seu “mundinho” fashion durante um filme inteiro deve servir ou ser um prato cheio somente para… homossexuais.

Aliás, durante a sessão alguns deles rolavam de tanto rir, o que mostra que o filme não é tão polêmico assim e não atinge nada que seja de cunho preconceituoso no seu extremo. O filme teve cortes, pelo que li irrelevantes, o que me leva a perguntar se a falta de ousadia foi dos produtores ou do próprio Sacha. E olha que o que não faltam são piadas escrachadas levadas ao extremo. Sejam elas de mau gosto ou não depende do nível social e intelectual de cada um.

Entenda o que eu digo, o humor de Sacha Baron Cohen é daqueles extremamente escroto, mas feito com inteligência e sem papas na língua. Doa a quem doer. E aqui não senti esse incomôdo vital para uma obra desse tipo.

Enfim, são 75 minutos de projeção que passam rápido mas que tem a desvantagem (ou vantagem?) de serem esquecíveis assim que se pisa fora da sala de cinema. Depois de alguns dias a gente não lembra tanto assim do filme ou vê algum sentido no que foi apresentado.

De qualquer forma, é uma comédia que vale a pena ser vista pelo seu humor insano e irreverente. Só esperava que esse humor fosse mais amplo e abrangente, pois Sacha Baron Cohen tem talento e inteligência para tal. Será que dessa vez ele não escolheu um alvo errado?

Anúncios

Ações

Information

3 responses

18 08 2009
Marcus

Bah, legal que tu voltaste. Valeu pelos comentários lá no blog, valeu mesmo.

Sobre o Bruno, eu pretendo ver, mas não levo fé que seja melhor que Borat.

Abraço!

19 08 2009
Tommy Beresford

Brüno: Cortes na versão brasileira
http://cinemagia.wordpress.com/2009/08/19/bruno-cortes/

Grande abraço,
Tommy
http://cinemagia.wordpress.com/

19 08 2009
Otavio Almeida

Cara, também fiquei decepcionado. Não ri tanto quanto eu esperava (e gostaria). Não é ruim, não. Longe disso. O Sacha Baron Cohen é engraçado, inteligente, mas achei mais do mesmo, sabe? Sem o elemento-surpresa de BORAT, que eu adoro.

Abs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: